terça-feira, 5 de maio de 2009

Você ressuscitaria um produto morto? Pois um empresário está apostando nas f...



 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Papo de Empreendedor de Roberta Rossetto em 01/05/09

O empresário e artista Florian Kaps

O empresário e artista Florian Kaps

 

O tempo tem criado e enterrado várias tecnologias:  a máquina de escrever, o papel carbono, as fitas cassetes, os vídeos VHS e por aí vai. Você montaria um negócio em torno de um defunto desses? É o que está fazendo o artista austríaco Florian Kaps, que está ressuscitando os filmes instantâneos Polaroid. As fotos "Pola" foram o fascínio de várias gerações desde sua criação, em 1948: como num passe de mágica, elas podiam ser vistas minutos depois de terem sido tiradas.

Com o crescimento do mercado de máquinas digitais, era de se esperar que a Polaroid anunciasse o fim dos filmes instantâneos, o que aconteceu em fevereiro de 2008. Kaps, então, entrou em cena. Primeiro, montou uma galeria dedicada apenas às fotos Pola, em Viena, com sua versão virtual, a Polanoid.net.  Depois, montou um site para compra e venda de máquinas antigas, bem como dos estoques de filmes ainda disponíveis no mercado – uma iniciativa que fez duplicar o valor desses produtos no último ano. Agora, arrendou uma antiga fábrica de filmes Polaroid, em Amsterdam, chamou de volta 11 ex-funcionários e prometeu retomar a produção ainda este ano. 

Kaps acredita que os amantes da Pola são basicamente artistas, portanto faria sentido para uma pequena empresa como a sua galeria de arte investir nesse nicho. "O projeto é mais do que um plano de negócios; é uma batalha contra a ideia de que tudo o que não evolui tem que morrer", declarou ele ao jornal britânico The Independent.  Será que vai dar certo?


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também