segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Google Analytics – Dicas para Uso do Analytics do Google

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Mestre SEO de Fabiane Lima em 10/08/09

Bom dia leitores da MestreSEO!

É muito importante para os trabalhos de SEO saber mensurar os resultados dos esforços que são realizados, seja em campanhas de link building ou SEO onpage, como metatags e disposição dos elementos em uma página. E o Google Analytics é uma ótima ferramenta nesse aspecto.

Inscrever seu site no Analytics do Google deve ser um dos primeiros passos para acompanhar seu desenvolvimento, pois o Analytics fornece uma quantidade de dados mais que suficiente para analisar todos os aspectos do tráfego de um site. Entretanto, será que realmente se utiliza todo o potencial dessa ferramenta?

Dicas de Analytics

Geralmente as pessoas se atém a utilizar o dashboard e o tráfego vindo de referrals. Quando muito, utilizam o analytics para comparar keywords e visitas entre dois períodos de tempo. No entanto, existem maneiras muito interessantes de analisar outros aspectos do seu site através do Analytics. Por exemplo, é possível utilizar o analytics para verificar se está atacando as keywords corretas, se existem incompatibilidades graves de navegação por browser, problemas com tempo de carregamento das páginas.

Análise por Períodos de Tempo

Embora esse uso do analytics seja relativamente comum, poucas pessoas utilizam esse recurso. A análise dos dados por período de tempo é muito interessante, possibilitando colher os resultados de um trabalho diferente executado no site em uma determinada data.

Por exemplo, você iniciou uma nova parceria para seu site, mas não tem certeza se ela está sendo tão boa assim. Uma boa maneira de verificar se essa parceria está surtindo efeito é comparar o mês anterior e o mês posterior a uma determinada alteração. Se a quantidade de visitas for maior e a qualidade dessas visitas for significativa – o bounce rate não aumentar – com certeza sua parceria está trazendo resultados positivos para seu site.

As comparações por tempo também são muito úteis quando se fala em análise de resultados de testes. Seja teste de páginas, calls to action, modificações na estrutura das páginas e outras possíveis alterações executadas no site.

Análise das Keywords do Site

Embora não exista uma fórmula exata para as metatags e keywords do site, é fundamental utilizá-las da maneira mais coerente possível. Como sabemos, as metatags são uma maneira de descrever o conteúdo das páginas e, páginas mal descritas, levam a usuários insatisfeitos por encontrar um conteúdo que não estava procurando – ou seja, mais um bounce para o site.

Para utilizar o Analytics para verificar as suas keywords, basta comparar as top keywords do seu site com as top landing pages. Para obter as top keywords, vá ao menu Traffic Sources -> Keywords:

keyword

Já para as top landing pages, clique na opção: Content -> top landing pages:

landingpage

O conteúdo das landing pages são coerentes com as top keywords do site? Se sim, excelente. Senão, compensa reavaliar as metatags das páginas.

Incompatibilidades de Browser

Os browsers mais utilizados no Brasil são o Internet Explorer, Firefox e Chrome (nessa ordem). Portanto, é importante que seu site possa ser visualizado adequadamente nesses três. Quando ocorrer alguma incompatibilidade com o Internet Explorer, por exemplo, provavelmente os visitantes que utilizam esse browser vão passar menos tempo no site, ou mesmo acarretar em um bounce.

É possível verificar se existe alguma incompatibilidade grave de navegação através do Analytics. Para tanto, clique em Visitors -> Browsers. Lá é possível analisar o tempo médio, bounce rate (além de outras informações) sobre os visitantes que utilizam cada browser.

browser

Se você perceber grandes diferenças no bounce rate e tempo médio entre os navegadores, compensa verificar mais atentamente possíveis problemas na visualização do site nos navegadores.

Páginas muito lentas

Usuários que utilizam conexão discada geralmente passam alguns segundos a mais no site do que os visitantes que utilizam DSL e outras conexões mais rápidas. Portanto, se acontecer o contrário, suas páginas provavelmente estão muito pesadas – lembre-se: ninguém tem paciência para esperar páginas muito demoradas.

Para verificar o comportamento de seus usuários em relação ao tempo de carregamento das páginas, basta utilizar a opção Visitors -> Network Properties -> Connection Speeds.

conection speed

Se houver diferenças muito grandes entre os tempos que os usuários permanecem nas páginas, verifique o tamanho de suas páginas.

Mais de Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta muito poderosa quando se fala em otimização de sites. Entretanto, seus recursos nem sempre são muito explorados – geralmente as pessoas utilizam apenas alguns dados como número total de visitantes em um dado período, quantidade de visitas vindas de um determinada rede social ou parceria.  Alguns exemplos de recursos que não são tão populares são os filtros e goals – que podem ser usados para análise de conversões, bounce e andamento da otimização do site.

E você, tem o costume de utilizar o Google analytics? Quais recursos você geralmente utiliza? Deixe um comentários sobre suas impressões e que usos diferentes encontrou para os dados fornecidos pelo analytics do Google.

Artigo produzido por Mestre SEO - Otimização de Sites.
Aproveite que você assina o nosso Feed e acompanhe-nos no Twitter ou participe da nossa comunidade no Orkut.
Artigo Original: %%Google Analytics – Dicas para Uso do Analytics do Google%%


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também