sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Presidente da ABL fala de Euclides da Cunha no Piratini e reverencia a cultu...

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Últimas Notícias em 11/12/09

Depois de ser condecorado com a comenda Ordem do Ponche Verde pela governadora Yeda Crusius, o presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), Cícero Sandroni, proferiu uma palestra sobre a vida e obra de Euclides da Cunha, na noite desta sexta-feira (11), no Palácio Piratini, acompanhado pelo jurista Almiro do Couto e Silva e o psicanalista Paulo Fonseca como debatedores.

Na plateia, além de personalidades ligadas às artes e à cultura, estavam dois imortais da ABL, os escritores gaúchos Carlos Nejar e Moacyr Scliar, que também receberam a honraria do Ponche Verde. \|É um grande prazer e uma honra estar aqui no Rio Grande do Sul, numa terra marcada pela história da liberdade no Brasil, e participar de um encontro que celebra de alguma forma o Ponche Verde, que representa a unidade brasileira\|, disse Sandroni.

Ele destacou a iniciativa da governadora em abrir o Palácio Piratini para a palestra. \|A governadora Yeda teve um gesto muito importante na direção da defesa e da divulgação da cultura, e no reconhecimento, não nosso pessoal, mas à Academia Brasileira de Letras, a casa de Machado de Assis, de Euclides da Cunha, de Olavo Bilac e também dos grandes escritores gaúchos, como Viana Moog, Alcides Maia e Raimundo Faoro, a quem eu tive a honra de suceder na Academia Brasileira de Letras\|, agradeceu o presidente da ABL.

Cícero Sandroni acredita que a cultura do Rio Grande do Sul precisa ser ainda mais conhecida no Brasil. \|Muitos escritores gaúchos têm notoriedade nacional, a exemplo de Erico Verissimo, Viana Moog e Moacyr Scliar, mas os de hoje, como Assis Brasil e Pinheiro Machado, que têm grande aceitação no Sul, precisam se inserir no Brasil todo\|, afirmou. Para o escritor, o RS é um continente literário e cultural, \|onde a integração cultural com o resto do país ainda não foi completamente realizada\|. Cícero Sandroni foi eleito por unanimidade de votos para a presidência da Academia Brasileira de Letras, em 2008, e reeleito em 2009.


Leia Mais

 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também