quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Google terá que pagar R$ 200 mil a Barrichello‎

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Google Discovery de Renê Fraga em 26/10/10

Do Globo Esporte:

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu nesta segunda-feira atender parcialmente a apelação da Google do Brasil com relação a uma ação movida pelo piloto Rubens Barrichello. A empresa terá que pagar uma multa de R$ 200 mil ao corredor da Williams em processo por danos morais.

Em seu pedido, o piloto queria "que fosse excluído conteúdo lesivo à sua imagem (comunicados e perfis criados por terceiros), bem como ser indenizado pelos danos morais sofridos em razão da conduta ilícita de usuários do serviço e da mora em corrigir a situação". Em primeira instância, a Google havia sido condenado a pagar R$ 850 mil por danos morais, mais R$ 50 mil por cada novo perfil falso inserido em seu domínio, em valor que poderia chegar a mais de R$ 1,2 milhão.

No novo julgamento, o TJ-SP entendeu que a empresa não tinha responsabilidade pelo conteúdo das páginas. A multa de R$ 200 mil é pelos dias que a Google demorou a tirar os perfis do ar após a notificação (de 16 de junho de 2006 a 29 de julho do mesmo ano).

Em defesa das acusações, o Google Brasil explicou que não poderia realizar uma intervenção de censura na rede social. O site Conjur reportou:

Alegou no TJ-SP a inviabilidade técnica de fiscalização prévia e controle de conteúdo que iniba os usuários de inserirem remissão ao nome de Barrichello. Sustentou que é necessário que ele indique as páginas que deseja ver removidas do site. Isso porque considera inviável o atendimento da obrigação genérica. Argumentou, ainda, que não pode funcionar com o censor e repressor à ampla liberdade de manifestação do pensamento, constitucionalmente assegurada.

O Google também defendeu a inaplicabilidade da teoria do risco, de modo que a responsabilidade é subjetiva. Insistiu na inexistência de ilícito e na ausência de dano causado ao autor. Disse também que a responsabilidade é exclusiva de terceiros, que inseriram os perfis falsos e criaram as comunidades de conteúdo ofensivo. Por isso, pediu a redução do valor da indenização arbitrada e dos honorários advocatícios.

---
Artigos relacionados no Google Discovery

  • Fórmula 1 OneBox no Google Search
  • Xuxa vence na justiça e obriga Google a censurar resultados
  • Google é condenado a indenizar vítima de ofensas no Orkut
  • Google é multado por utilizar a marca "Gmail" na Alemanha
  • Google Answers pode ser relançado como Google Q&A


  •  
     

    Coisas que você pode fazer a partir daqui:

     
     
    TwitThis
    Share |

    0 comentários:

    ;

    Pesquisa na WEB

    Carregando...

    assine o feed

    siga no Twitter

    Postagens

    acompanhe

    Comentários

    comente também