quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Conheça a lista de falsos sinônimos mais comuns do português

Conheça a lista de falsos sinônimos mais comuns do português:
Esta coluna não tem apenas leitores assíduos. O número de leitores eventuais é cada vez maior. A comprovação são as perguntas já respondidas que voltam com muita frequência. Por causa disso, começamos hoje o nosso “vale a pena ver de novo”.
O primeiro assunto são os falsos sinônimos. São aquelas palavras que verdadeiramente não são sinônimas, mas que muita gente boa usa como se fossem. Em geral, a pergunta dos leitores é uma só: “Qual é a diferença?”
1. MESMO  x  IGUAL?
MESMO = um só; IGUAL = outro idêntico.
“Estamos com o MESMO problema do ano passado.” (= É um problema só. Significa que o problema do ano passado não foi resolvido);
“Estamos com um problema IGUAL ao do ano passado.” (= É outro problema, com as mesmas características do problema do ano passado).

2. INÚMEROS  x  NUMEROSOS?
INÚMEROS = incontáveis; NUMEROSOS = muitos.
“Olho para o céu e vejo INÚMERAS estrelas.” (= São tantas que é impossível contá-las);
“É uma família muito NUMEROSA.” (= É uma família compostas por muitas pessoas).

3. EVENTUAL  x  POSSÍVEL  x  PROVÁVEL  x  POTENCIAL?
EVENTUAL = ocasional, esporádico, ocorre de vez em quando, difícil de acontecer;
POSSÍVEL = tudo o que pode acontecer;
PROVÁVEL = o que deve acontecer;
POTENCIAL = o que pode vir a ser.
“É um problema EVENTUAL.” (= É aquele que acontece de vez em quando);
“Um POSSÍVEL problema” ( = É o que pode tornar-se um problema);
“Um PROVÁVEL problema” (= É o que tem de tudo para tornar-se um problema);
“Um problema POTENCIAL” (= Ainda não é um problema, mas pode tornar-se um).

4. ARRUINADO  x  DESTRUÍDO?
ARRUINADO = quem perdeu tudo; DESTRUÍDO = destroçado.
“Aquele rico empresário acabou ARRUINADO.”
“O prédio foi todo DESTRUÍDO.”

5. SUPLEMENTAÇÃO  x  COMPLEMENTAÇÃO?
SUPLEMENTAÇÃO = extra, adicional;
COMPLEMENTAÇÃO = segunda parte, o que completa.
“Para dar o aumento salarial, foi necessário uma verba SUPLEMENTAR.”
“A etapa COMPLEMENTAR foi melhor que o primeiro tempo.”

6. REVERTER  x  INVERTER  x  MODIFICAR?
REVERTER = voltar ao que era antes; INVERTER = mudar para o oposto; MODIFICAR = simplesmente mudar, alterar.
“O paciente entra em coma. Os médicos tentam REVERTER o quadro.”
“O Detran deve INVERTER a mão desta rua.”
“É preciso MODIFICAR as regras do jogo.”

7. QUESTIONAR  x  PERGUNTAR?
QUESTIONAR = pôr em dúvida; PERGUNTAR = indagar.
“O sócio QUESTIONOU a validade do contrato.”
“Quem é a favor do projeto? PERGUNTOU o diretor.”

8. COMERCIALIZAR  x  VENDER?
COMERCIALIZAR = comprar, vender, alugar, emprestar…;
VENDER = é uma das atividades da comercialização de um produto.
“É uma empresa que COMERCIALIZA software em todo o país.”
“O Vectra está sendo VENDIDO por R$30.000,00.”

9. ACATAR  x  ACOLHER?
ACATAR = obedecer; ACOLHER = aceitar, receber.
“Os empregados ACATARAM a ordem do chefe.”
“O juiz não ACOLHEU a nossa ação.”

10. DESABRIGADO  x  DESALOJADO?
DESABRIGADO = quem fica sem casa para morar;
DESALOJADO = quem teve de sair de casa.
“Os fortes temporais deixaram muitos desabrigados (as casas foram destruídas)”;
“Os fortes temporais deixaram muitos desalojados (as casas não foram destruídas, mas tiveram de sair de casa e ir para um local seguro)”.

HAVER  ou  A VER?
Usamos o verbo HAVER com o sentido de “existir, ocorrer, acontecer, tempo transcorrido…”:
“Deverá haver muitas pessoas na reunião de hoje” (=deverão existir);
“Pode haver acidentes nesta esquina” (=podem ocorrer);
A VER = preposição “a” + verbo “ver”:
“Ele foi obrigado a ver o filme inteiro”;
“Isso não tem nada a ver” (=para ver);
“Tem tudo a ver” (=para ver).
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também