terça-feira, 16 de setembro de 2008

Mais um passo para proteger a privacidade do usuário



 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Google Blog-Brasil de Ana Foureaux Frazao em 09/09/08

Publicado por: Peter Fleischer, Conselheiro Legal de Privacidade Global; Jane Horvath, Conselheiro Legal de Privacidade; e Alma Whitten, Engenheiro de Software

Hoje anunciamos uma nova política de armazenamento de logs: faremos com que os endereços de IP fiquem anônimos nos logs do nosso servidor depois de 9 meses. Estamos diminuindo significativamente nossa política de armazenamento de logs anterior, que era de 18 meses, para cuidar de assuntos regulatórios e darmos mais um passo em busca de melhorar a privacidade de nossos usuários.

Em março de 2007 Google se tornou a primeira ferramenta de busca a anunciar uma poilítica que tornaria os logs de nossos servidores de busca anônimos em prol da privacidade. Outras empresas do ramo de internet rapidamente seguiram nossos passos. Embora tenha sido bom para a privacidade do usuário, foi uma decisão difícil porque o servidor no qual nós coletamos data tem sido crucial para a inovação. Publicamos uma série de postagens anteriores explicando como nóos usamos a data dos logs em benefício de nossos usuários: para fazer melhoramentos na qualidade das buscas, para melhorar a segurança, para combater fraudes e para reduzir spam.

Nos últimos dois anos, políticos e reguladores - especialmente na Europa e nos Estados Unidos - têm continuamente nos pedido (e outras empresas da indústria) para explicar e justificar essa redução da política de armazenamento de logs. Respondemos através de uma carta aberta explicando como estamos tentando balancear fatores que às vezes são conflitantes entre si, como privacidade, segurança e inovação. Alguns reguladores de proteção à data na comunidade da União Européia continuam cépticos sobre a legitimidade do armazenamento de logs e solicitaram justificativas detalhadas para esse armazenamento. Muitos desses líderes de privacidade também destacaram os riscos de litigantes que usam ordens judiciais para ter acesso a tais logs, como no recente processo da Viacom.

Hoje, estamos enviando essa resposta (arquivo em PDF) para os reguladores de privacidade da União Européia. Desde que anunciamos nossa política original de logs anônimos, já tivemos literalmente centenas de discussões com oficiais que lidam como proteção de data, líderes governamentais e defensores de privacidade do mundo todo para explicarmos nossas práticas e trabalharmos juntos para desenvolver maneiras de melhorar a privacidade dos usuários. Quando começamos a anonimizar depois de 18 meses, sabíamos que isso significaria sacrificar futuras inovações em todas as áreas. Nós acreditamos que a redução do período anterior à anonimização diminuiria a utilidade da data e aumentaria os benefícios da privacidade dos usuários.

Mas nós não paramos de trabalhar nesse problema da ciência de computação. O problema é difícil de resolver porque as características da data que são úteis para prevenir fraudes, por exemplo, são as mesmas características que também trazem alguns riscos de privacidade. Depois de meses de trabalho, nossos engenheiros desenvolveram métodos de preservar a utilidade da data por mais tempo, ao mesmo tempo em que iriam tornar os endereços de IP anônimos mais cedo. Ainda não deciframos todos os detalhes da implementação desses métodos, e provavelmente não conseguiremos usar os mesmos métodos de anonimização que usamos depois dos 18 meses, mas estamos comprometidos a fazer isso funcionar.

Ao mesmo tempo em que estamos confiantes de que isso trará melhoramentos adicionais para a privacidade dos usuários, estamos também preocupados com uma possível perda de segurança, qualidade e inovação que talvez resulte do fato de termos menos data. À medida em que o período de tornar logs anônimos fica menor, os benefícios trazidos à privacidade são menos significantes e a utilidade da data perdida aumenta. Então, é difícil encontrar o perfeito equilíbrio entre privacidade de um lado e outros fatores, como inovação e segurança, de outro. Tecnologia certamente evoluirá, e nós estaremos sempre trabalhando em novas maneiras de melhorar a privacidade de nossos usuários, procurando por inovações e também encontrando o equilíbrio certo entre os benefícios da data e o avanço da privacidade.

 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também