domingo, 19 de outubro de 2008

Dúvidas semânticas



 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via dicas de português de Sérgio Nogueira em 15/10/08


1ª) Inspirar OU expirar?

Vejamos o que dizem os nossos principais dicionários:
a) Inspirar: "introduzir (ar) nos pulmões; estimular; influenciar";
b) Expirar: "expelir (ar) pelos pulmões; exalar último suspiro; morrer; chegar ao fim".

Leitor quer saber qual é a forma correta: "No nosso sistema, o cadastro dos visitantes INSPIRA ou EXPIRA a cada dois meses"?

O que se quer dizer é que o prazo de validade do cadastro dos visitantes termina, que o cadastro perde a validade, que o prazo fica vencido. No sentido figurado, significa que o cadastro "morre". O correto, portanto, é: "No nosso sistema, o cadastro dos visitantes EXPIRA a cada dois meses".


2ª) Que é um VELÓDROMO?

Não sei se é verdade, mas um jornalista, leitor desta coluna, garante que um deputado do seu estado criou um VELÓDROMO, que seria o local onde as pessoas velam seus entes queridos.

Isso significa que, para o deputado, VELÓDROMO seria o local próprio para velórios. O que ele fez? Juntou a VELA (dos velórios) com DROMO, que vem do grego e significa "lugar, pista". Bem criativo!

Se já temos o hipódromo (pista para corridas de cavalos) e o autódromo (para corridas de automóveis) e se já inventamos o sambódromo (local para desfiles de escolas de samba), o fumódromo (local para os fumantes) e o camelódromo (local para as barracas dos camelôs), o deputado se achou no direito de criar o "velódromo".

O problema é que a palavra VELÓDROMO já existe. Vem do francês vélodrome (vélo=bicicleta + drome=pista), ou seja, há muito tempo que velódromo é o nome que se dá para o local onde ocorrem corridas de bicicletas.


3ª) Grande maioria?

Vários leitores querem saber se "grande maioria" não é uma redundância.
Concordo com os leitores quando dizem que não existe "pequena maioria".

Por outro lado, é interessante lembrar que 50% + 1 já é maioria e que, quando falamos em "grande maioria", estamos falando em algo em torno de 90%, certamente em algo acima de 80% ou em quase a totalidade.

A meu ver, "grande maioria" se justifica porque tem sentido próprio e não se opõe a "pequena maioria". Isso significa que não considero "grande maioria" uma redundância.


4ª) Vérsus OU versus OU contra?

A palavra VERSUS vem do latim e significa "contra". Assim sendo, podemos dizer: "Flamengo versus Fluminense" ou "Flamengo contra Fluminense".

Quanto à grafia, o melhor é escrever VERSUS sem acento agudo, pois em latim não havia acentos gráficos. Seria o mesmo caso de CAMPUS e HABEAS CORPUS.

O acento agudo só se justificaria se as palavras fossem aportuguesadas: "vérsus, câmpus, córpus". Teriam acento pela regra das paroxítonas, que manda acentuar as palavras terminadas em "us": vírus, bônus, ânus.


5ª) Constrangimento ilegal?

Leitor quer saber se "constrangimento ilegal" não seria uma redundância, pois todo constrangimento é ilegal.

Não vejo redundância, embora concorde com o leitor quando afirma que não se fala em "constrangimento legal".

O problema é que a palavra CONTRANGIMENTO apresenta várias acepções: "coação; embaraço, vergonha; acanhamento, timidez; aborrecimento, descontentamento". Isso significa que nem todo constrangimento seja ilegal (= fora da lei ou contra a lei).


6ª) Intenção OU intensão?

Nosso leitor tem inteira razão. As duas palavras existem.
Vejamos o que dizem os nossos dicionários:
a) INTENÇÃO = "aquilo que se pretende fazer, propósito, plano, idéia; desejo, intento";
b) INTENSÃO = "ato de intensar; força, veemência, energia; aumento de tensão".

INTENSAR significa "tornar(-se) mais intenso; intensificar(-se)".


7ª) Ressarcir OU devolver?

Não são sinônimos.
DEVOLUÇÃO do dinheiro é diferente de RESSARCIMENTO.

RESSARCIR é "fornecer compensação, indenizar, cobrir o prejuízo, reparar o dano; abastecer, prover".


Teste da semana

Assinale a opção que completa corretamente as lacunas das frases abaixo:
1ª) "Eles não ___________ a calma";
2ª) "Chamaram os que ainda não ___________ na CPI";
3ª) "O juiz já _______________ no caso".

(a) manteram / deporam / interviu;
(b) mantiveram / depuseram / interveio;
(c) mantiveram / deporam / interveio;
(d) manteram / depuseram / interviu;
(e) mantiveram / deporam / interviu.

Resposta do teste: letra (b). Verbos derivados devem seguir a conjugação dos verbos primitivos: MANTER é derivado de TER: se eles TIVERAM, eles MANTIVERAM; DEPOR é derivado de PÔR: se eles PUSERAM, eles DEPUSERAM; INTERVIR é derivado de VIR: se ele VEIO, ele INTERVEIO.


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também