sábado, 11 de julho de 2009

Governo e Senac firmam termo de cooperação para inclusão social

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Últimas Notícias em 10/07/09

A governadora Yeda Crusius e o chefe da Casa Civil, José Alberto Wenzel, assinaram termo de cooperação entre o Estado, por intermédio da Secretaria da Educação, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-RS), para a implantação do Programa Senac de Gratuidade no Colégio Estadual Júlio de Castilhos, em Porto Alegre.

O programa tem como meta a inclusão social, oferecendo vagas gratuitas em cursos de educação profissional da Formação Inicial e do Nível Técnico, com custo zero à população de baixa renda. O colégio disponibilizará seis salas de aula, acervo bibliográfico e cantina. O programa significa educação profissional para que milhares de pessoas possam planejar seus estudos e ter mais oportunidade de trabalho e emprego.

Os cursos são divididos em três áreas: Gestão e Negócios (Aprendizagem em Comércio; Aprendizagem em Serviços Administrativos; Aprendizagem em Serviços de Supermercado, e Aprendizagem em Serviços Administrativos em Instituições de Saúde); Hospitalidade e Lazer (Aprendizagem em Serviços de Cozinha; Aprendizagem em Serviços de Alimentação: atendimento em lanchonetes e similares, e Aprendizagem para Assistente de Restaurante), e Informação e Comunicação (Aprendizagem em Informática, Aprendizagem em Redes e Aprendizagem em Programação de Computadores).

O Senac-RS é uma organização de educação profissional que tem o objetivo de colaborar na obra, difusão e aperfeiçoamento do ensino profissional no setor terciário da economia/comércio e serviços. Há mais de 60 anos instalado no Rio Grande do Sul, o Senac-RS é administrado pela Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado (Fecomércio), entidade que conta com 112 sindicatos filiados, representando mais de 500 mil empresas. O Senac-RS possui 41 escolas, quatro faculdades e 19 Balcões Sesc/Senac, somando mais de 60 pontos de atendimento no Rio Grande do Sul.

O chefe da Casa Civil, José Alberto Wenzel, afirmou que a governadora Yeda Crusius prioriza projetos e programas que tenham como finalidade a inclusão social e principalmente se vier na forma de cursos profissionalizantes que garantam desenvolvimento e qualidade de vida. \|Seguindo orientação da governadora, priorizamos a Educação e este programa desenvolvido pelo Senac vem ao encontro do que pretendemos\|, observou o secretário.


Leia Mais

 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também