terça-feira, 11 de agosto de 2009

Gartner: cloud computing precisa de corretores

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 


À medida que a Cloud Computing evolui, cresce com ela a necessidade de corretores de serviços para avaliar e controlar seu desempenho e potencial de entrega.

A conclusão é do Gartner, que acaba de divulgar uma análise sobre o segmento de computação em nuvem. Como "corretores", a consultoria define ferramentas cuja função seja "negociar relacionamentos entre provedores de serviços de nuvem e seus clientes".

Assim, um corretor poderia ser tanto um software quanto dispositivos, plataformas ou suítes de tecnologias que aprimorem os serviços básicos disponíveis na nuvem.

"Assim como na arquitetura orientada a serviços, que veio antes, a computação em nuvem também promove a ideia da proliferação contínua dos serviços", afirma o vice-presidente executivo do Gartner, Daryl Plummer. "Infelizmente, utilizar os serviços criados por outros e garantir que funcionem – não apenas separadamente, mas em conjunto – são tarefas complicadas", destaca ele.

Para o VP, a principal complicação está na integração de dados e na necessidade de gestão dos relacionamentos. "Daí a necessidade de corretores para agregar valor e fornecer novos serviços", avalia ele.

O Gartner divide os negócios de corretagem de serviços na nuvem em três categorias:

1 - Intermediação dos Serviços de Nuvem - Um corretor de intermediação atua para melhorar diretamente o serviço entregue a um ou mais consumidores, basicamente agregando valor no serviço prestado para aprimorar alguma capacidade específica.

2 - Agregação - Combina múltiplos serviços em um ou mais serviços. Isso vai garantir que os dados sejam modelados por todos os serviços componentes e também integrados, para garantir a movimentação e a segurança dos dados entre o consumidor do serviço e os múltiplos provedores.

3 - Arbitragem – É similar à agregação, descrita acima. A diferença é que aqui os serviços não são fixos: o objetivo da arbitragem é dar escolhas ao agregador dos serviços, como, por exemplo, fornecer múltiplos serviços de e-mail através de um provedor.

 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também