quinta-feira, 27 de agosto de 2009

HTML 5 e SEO: Quais são as novidades?

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Mestre SEO de José Mário em 26/08/09

HTML5 logo

Olá leitores da Mestre SEO, hoje irei falar sobre como o novo padrão HTML 5 irá afetar o ramo de otimização de sites.

Desde 1999 o padrão de linguagem de marcação da internet é o HTML 4.01, o qual usamos até hoje para construirmos nossas páginas. Este padrão tem nos servido bem, mas com o passar do tempo viu-se a necessidade de melhorar alguns pontos e adicionar novas funcionalidades e/ou melhorar algumas existentes.

Para tanto, está em desenvolvimento o padrão HTML 5, que trará consigo melhorias no dinamismo e na segmentação das páginas. Algumas dessas novidades que virão pela frente, vão ser muito importantes para o profissional de SEO. Vejamos algumas delas:

Elementos de Segmentação

São elementos que ajudarão a organizar melhor a estrutura da página e torná-las mais amigáveis para os desenvolvedores e também para os search engines. São as alterações mais interessantes para nós, profissionais de SEO.

  • <header> – É uma tag especializada para cabeçalhos, onde você pode adicionar elementos de cabeçalho(H1, H2, H3, etc…), parágrafos de texto, links ou qualquer elemento que achar relevante para seu cabeçalho.
  • <hgroup> – Grupo de elementos de cabeçalho.
  • <article> – Esta tag é provavelmente a melhor adição do ponto de vista de SEO, pois deve ser usada para marcar o conteúdo de blogs, revistas e jornais online ou de qualquer conteúdo nesse sentido. Ela visa facilitar que Search Engines identifiquem onde, de fato, está o conteúdo de uma página. De acordo com vários especialistas, o conteúdo que estiver dentro desta tag provavelmente terá peso maior para os motores de busca.
  • <section> – Usada para identificar grupos de conteúdo temático dentro da página. Normalmente, uma seção marcada com essa tag possui um cabeçalho(<header>) e um rodapé(<footer>) – exemplo mais abaixo.
  • <aside> – Grupo de conteúdo não relacionado com o site, como propagandas ou links de patrocinadores
  • <nav> – Identifica um grupo de links – foi desenvolvida para indicar a seção de navegação de um site.
  • <footer> – Usada para o desenvolvimento de rodapés, sejam eles de uma seção ou de uma página.

Abaixo, podemos ver como ficaria um esquema lógico de uma página que usa essas tags:

estrutura html5
Fonte da imagem: smashingmagazine.com

Elementos Interativos

Algumas novas tags pretendem facilitar o desenvolvimento de elementos animados como um menu ou promover algum tipo de interação do usuário com a página que ele está vendo. As tags são:

  • <details> – Este elemento esconde um texto extra até que este seja requisitado. Pode ser usado como técnica de Gray Hat, mas todos sabemos que esconder conteúdo não é muito recomendável.
  • <menu> – Permitirá criar menus com facilidade e rapidez, sendo muito útil para otimizar a usabilidade da página.

A tag details, atualmente, já é implementada em alguns sites através de jQuery, o próprio Google usa essa funcionalidade de "esconder" detalhes sobre alguma informação ou ferramenta atrás de um "falso" link.

O que acontece é que ao clicar neste link, o usuário não é levado à uma outra página, apenas é usado jQuery para exibir um texto anteriormente escondido, justamente por serem detalhes normalmente desnecessários de serem exibidos.

O fato é que tanto esta técnica, quanto a tag details, realmente esbarram em Black Hat SEO, por esconderem realmente o conteúdo, e não é aconselhável o uso. Qualquer descuido pode ser interpretado como Black Hat e a punição é certa.

Elementos de Mídia Embutida

Elementos de mídia embutida são elementos que importam recursos externos à página, tais como: vídeo, áudio, widgets, etc. Com as tags <audio> e <video> do HTML 5, poderemos adicionar arquivos de áudio e vídeo com a mesma facilidade que adicionamos uma imagem atualmente, e a otimização destes elementos também será bem simples, já que eles contarão com o atributo de descrição alternativa (mais conhecidos como alt tags ou alt text).

Vale a pena lembrar que o HTML 5 ainda deve demorar para ganhar força e prevalecer na web, e, apenas quando ele for largamente utilizado é que será possível analisar a diferença que eles poderão fazer no rastreamento, indexação e ranking de Search Engines

Mas uma característica necessária para todo bom profissional de SEO é saber enxergar a frente do seu tempo e, por isso, desde já devemos ficar atentos às mudanças! Aliás, você ficou animado com essas novidades? Compartilhe sua opinião na nossa área de comentários! Abraços, e até a próxima!

------------------------------------------

Quer aprender SEO?

Melhore seus rankings, tráfego e conversões hoje!
Confira os planos de assinatura da Área de assinantes da MestreSEO
-----------------------------------------
Artigo produzido por Mestre SEO - Otimização de Sites.
Aproveite que você assina o nosso Feed e acompanhe-nos no Twitter ou participe da nossa comunidade no Orkut.
Artigo Original: %%HTML 5 e SEO: Quais são as novidades?%%


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também