segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Liderança nos dias de hoje

 
 

Enviado para você por Penha através do Google Reader:

 
 

via Papo de Empreendedor de Adriana Fonseca em 06/08/09

equipe1

A liderança praticada no passado, com autoritarismo e controle sobre os funcionários, não funciona mais nos dias de hoje, segundo Marco Túlio Zanini, professor de estratégia de pessoas da Fundação Dom Cabral. Nos dias atuais, a liderança deve estar baseada numa relação de confiança recíproca para que a empresa aumente seus ganhos e produtividade. Mas isso não é fácil de alcançar. No Brasil, existe uma cultura de baixa confiança e isso faz com que muito empresários e executivos pratiquem a anti-liderança. Gestores com as características abaixo praticam a anti-liderança:

-    preocupa-se apenas consigo mesmo, com o seu futuro, seu resultado, sua imagem
-    demite pessoas como estratégia de corte de custos
-    usa a ambiguidade a seu favor
-    não consegue criar uma visão de futuro
-    cria medo, conflito e desesperança na equipe

O resultado desse tipo de atitude é uma corrosão da confiança. Para conseguir uma cultura de confiança na empresa, os líderes precisam dar autonomia para toda a equipe – do chão de fábrica aos diretores, todos precisam ter liberdade para opinar e agir. Com isso, gera-se confiança. O líder que age baseado em valores e segue as características abaixo ajuda a construir esse ambiente.

-    gera comunicação eficaz
-    age com transparência e integridade
-    confere autonomia
-    consegue aumentar a moral da equipe
-    cria visão de futuro compartilhada
-    desperta a virtude pessoal, o melhor das pessoas
-    busca reduzir a ambiguidade
-    em meio a incertezas, age com base em princípios norteadores
-    tem consciência de seus reais limites
-    forma sucessores de maneira espontânea

E você? Pratica uma liderança baseada em valores?


 
 

Coisas que você pode fazer a partir daqui:

 
 
TwitThis
Share |

0 comentários:

;

Pesquisa na WEB

Carregando...

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também